Programa

Valor Desde 473.00 €
Partidas todos os dias
Voos Tap Air Portugal de Lisboa, Humberto Delgado (LIS) para Fuerteventura (FUE) ou Tap Air Portugal de Porto, Francisco Sá Carneiro (OPO) para Fuerteventura (FUE) ou Tap Air Portugal de Faro (FAO) para Fuerteventura (FUE) ou Tap Air Portugal de Ponta Delgada, João Paulo II (PDL) para Fuerteventura (FUE) ou Iberia de Lisboa, Humberto Delgado (LIS) para Fuerteventura (FUE) ou Iberia de Porto, Francisco Sá Carneiro (OPO) para Fuerteventura (FUE) ou Iberia de Faro (FAO) para Fuerteventura (FUE) ou Iberia de Ponta Delgada, João Paulo II (PDL) para Fuerteventura (FUE) ou Binter Canarias de Lisboa, Humberto Delgado (LIS) para Fuerteventura (FUE) ou Binter Canarias de Porto, Francisco Sá Carneiro (OPO) para Fuerteventura (FUE) ou Binter Canarias de Faro (FAO) para Fuerteventura (FUE) ou Binter Canarias de Ponta Delgada, João Paulo II (PDL) para Fuerteventura (FUE)
Período de Reserva 10/09/2021 - 31/10/2022
Período de Estadia 10/09/2021 - 31/10/2022

Resumo das coberturas dos seguros contratados, em caso de infeção por Covid-19:
(para informação completa, por favor consultar as condições da apólice em CONDIÇÃO ESPECIAL - PROTEÇÃO COVID 19 - OPERADOR TURÍSTICO, da página 11)

 1. Interrupção e cancelamento da viagem por Covid-19:
 - Estão cobertos os gastos de cancelamento, até ao limite contratado, caso o segurado, nos 60 dias anteriores à viagem, apresente um teste PCR positivo, ou lhe seja imposto, pelas autoridades sanitárias, isolamento (quarentena obrigatória) com base na pandemia Covid-19 Esta cobertura inclui o segurado infetado e até quatro acompanhantes, independentemente do grau de parentesco.
 - No caso de algum dos segurados ser impedido de embarcar no transporte reservado, por apresentar sintomas que levem a suspeitar que possa estar infetado com Covid-19, e caso, nos 3 dias imediatamente a seguir a essa suspeita, a mesma for confirmada por um teste PCR positivo, estão cobertos os gastos de cancelamento até ao limite contratado.
 - No caso de o segurado, já no destino, ser infetado por Covid-19 ou apresentar um teste PCR positivo ou lhe seja imposto, pelas autoridades sanitárias, isolamento (quarentena obrigatória) com base na pandemia Covid-19, e for portanto impedido de realizar a viagem de regresso, estão cobertos, até ao limite contratado, os gastos de interrupção da viagem, nomeadamente despesas de alteração do transporte de regresso e estadia adicional do segurado infetado, assim como de um acompanhante, enquanto ambos aguardam pelo fim da quarentena.

Nota: Caso o segurado se veja confrontado com teste antigénio positivo, as coberturas de cancelamento/interrupção de viagem podem ser ativadas para todos os seguros que tenham sido subscritos até 31 julho 2021 (a subscrição é feita automaticamente na data em que foi feita a reserva na Solférias). Para subscrições de seguros posteriores a essa data, será necessário que efetue novo teste PCR para confirmar a infeção e/ou que as autoridades lhe imponham quarentena obrigatória. Será posteriormente com base numa dessas duas provas que poderá fazer ativar o seguro.

 2. Assistência Médica por Covid-19:
 - No destino, o seguro cobre, até ao limite contratado, as despesas de internamento, despesas médicas e de repatriamento, no caso de o segurado ser diagnosticado com Covid-19.

 3. Exclusões do seguro por Covid-19:
 - A seguradora não assume qualquer sinistro, quando a origem do dano ao segurado for a pandemia por Covid-19 (seja por cancelamento ou interrupção da viagem por motivo de força maior), incluindo se o destino vier a ficar prejudicado devido ao Covid-19, as fronteiras da origem/destino estiverem fechadas devido à Covid-19 ou o cliente não puder usufruir dos meios de transporte originais devido à pandemia, etc.

Faça a sua escolha

Opções Disponíveis para 2021-22-09 , (7 Noites) , 2 Adultos

Sobre o destino

   Fuerteventura é a segunda maior ilha das Canárias, conhecida sobretudo como um destino de férias. Localizada a cem quilómetros da costa de Marrocos, possui uma paisagem muito diversificada e que varia entre os áridos picos de antigos vulcões às enormes extensões de dunas. A capital da ilha é Puerto del Rosario.

  Esta é uma ilha dotada dos mais extensos areais brancos do arquipélago das Canárias, com cerca de 150 praias, onde pode desfrutar do sol. Constituída por pequenas cidades rurais, compostas por antigas casas de pedra e capelas antigas, paisagens contrastantes com a costa plana e praias a perder de vista. Existem muitos pontos onde pode desfrutar dos ventos alísios, com condições para a prática de desportos como o windsurf, kitesurf, canoagem, mergulho ou vela e que ajudam a suportar as altas temperaturas no verão. Grandes dunas de areia, praias desertas e povoações rurais são as principais características da ilha.
  Imagine que chega a um local com um extenso litoral de águas cor de esmeralda e areia branca e que ainda encontra a fantástica gastronomia da região como os pejines, que são pequenos peixes secos ao sol e depois assados, as papas arrugadas, que são batatas pequenas cozidas e colocadas depois na brasa e ainda os queijos com denominação de origem.
  Pode praticar atividades aquáticas, alhear-se de tudo, passeando pela margem solitária de uma praia virgem, degustar algum peixe fresco da zona ou, simplesmente, sentar-se a contemplar um bonito entardecer. É que mais de 150km de praias dão para muito.
  Não deixe de descobrir a montanha de Tindaya. Considerada antigamente uma montanha sagrada, com propriedades mágicas, as suas pinturas são um testemunho do passado e das gentes que por lá habitaram.
  Betancuria, a antiga capital, também merece uma visita. Fundada em 1404, alcançou o seu apogeu durante o século XVIII graças às excelentes colheitas de cereal de sequeiro. Um passeio permite perceber melhor como era antigamente a vida nesta ilha. Descubra alguns templos antigos como as igrejas de Santa Maria e de La Concepción, as ermidas de Santa Inés e de Nuestra Señora de la Peña e o antigo convento franciscano de San Buenaventura.
  Não deixe de descobrir as maravilhas guardadas no Museu de Arte Sacra e no Museu Arqueológico e Etnográfico de Fuerteventura.


                                                                             


Razões para fazer a mala

1. Sentir o Sol: Os ventos alísios, a corrente do Golfo e a geografia abençoaram a Gran Canaria com um clima ameno durante todo o ano, tornando-a um soberbo destino de férias a curta distância do continente europeu. As temperaturas médias são muito estáveis ao longo das estações, variando entre os 26 ºC e 28 ºC no Verão e os 22 ºC e 24 ºC nos meses de Inverno.


2. Fazer desporto: A Gran Canaria oferece as condições climáticas perfeitas para qualquer tipo de desporto ao ar livre durante todo o ano. Seja qual for o seu desporto ou passatempo favorito, vai poder continuar a praticá-lo durante as férias! Se gosta de associar um dia descontraído de praia a algum exercício ligeiro ou diversão, a Gran Canaria coloca à sua disposição uma incrível gama de opções. Desportos aquáticos, ação em terra firme ou passeios e caminhadas, a lista de ofertas é interminável.

3. Fazer praia: Existem praias que são muito procuradas e conhecidas, entre elas a praia de Maspalomas, sendo uma enorme linha de areia dourada que nasce na Playa del Inglés e que se estende até ao grande farol de Maspalomas, depois de contornar um deserto de dunas que banha a costa sul da ilha. Também no Sul podemos desfrutar de outro conjunto de praias. Encontramo-las do tipo familiar e outras mais tranquilas, como a de San Agustín, a praia de Amadores ou a pequena praia do Porto de Mogán. Talvez prefira a animação do tradicional enclave turístico de Puerto Rico, um dos lugares com melhor clima de todo o país. No norte da ilha encontrará pequenos enclaves marinheiros como Agaete, lugar de escapada para os que desejam fugir do stress. A capital, Las Palmas de Gran Canaria, situada também no Norte, não esconde o seu particular motivo de orgulho: a cosmopolita praia de Las Canteras. Uma quilométrica praia urbana que cobre a cidade de banhistas e de surfistas.

4. Mimar as crianças: Em Gran Canaria vai encontrar um leque muito especial de coisas que pode fazer com as suas crianças. Mas não as veja com olhos de adulto. Estão pensadas para elas. Desde um passeio de camelo, caminhar pela tarde numa cidade do selvagem Faroeste, até uma visita ao Sioux City, ou talvez uma viagem num submarino qual Capitão Nemo, atravessando o fundo do mar em Mogán; ou então uma travessia num barco até à sala da casa dos membros da família golfinho. Ou mesmo uma viagem ao surpreendente mundo de animais exóticos de Palmitos Park.

5. Desfrutar em família: Percorra a capital no bus turístico, de forma divertida, com toda a tropa. Desde quatro metros de altura, com áudio-guias em 8 idiomas. Las Palmas de Gran Canaria Tour ajuda-o a descobrir a capital através de um completo percurso, do qual pode descer e subir à vontade, planeando o seu dia de excursão. Porque Las Palmas de Gran Canaria é uma cidade com mil faces, surpreendentemente diversa para ser um lugar que cresce no meio de uma ilha no oceano.

6. Para namorar: A ilha de Gran Canaria foi reconhecida pela Federação Mundial de Otimistas como um destino especialmente recomendado para casais. Por todas estas razões. O mar da ilha e a miscelânea de praias que a rodeiam entesouram um efeito magnético que faz com que os polos opostos se aproximem (ou que se tornem a aproximar, caso se tenham esquecido do primeiro efeito). Venha e verá que há um mar de razões para dedicar algum tempo à sua pessoa para ser feliz. Juntos, sob o sol de Gran Canaria.

7. Para fazer compras: Se a sua ideia de lazer é algo completamente diferente e prefere longas caminhadas contemplando as montras das lojas, então também não lhe vão faltar Ocasiões para uma "terapia de compras"! Las Palmas é sem dúvida o maior centro de comércio da Gran Canaria. É aí que se encontram as lojas das principais marcas espanholas e internacionais. Os centros comerciais da Playa del Inglés (os mais famosos são o Yumbo e o Kasbah, e o maior é o Cita) são muito concorridos durante toda a semana, mas o seu principal atrativo são os preços e não a qualidade. A nova estância de Meloneras é um dos melhores destinos de compras. Encontram-se aí muitas lojas de marcas famosas e lojas independentes. Aproveite!

8. Com amigos: Esta ilha recebe a cada ano um maior número de pessoas otimistas. Mas qual o motivo desta concentração de pessoas alegres num mesmo ponto do oceano? A que se deve a chegada de tantos grupos de amigos predispostos a rirem-se juntos? Talvez o nível de otimistas esteja a crescer em Gran Canaria devido ao bom clima da ilha. Um ótimo clima que tenta evaporar os problemas e os faz derreter por alguns dias. Ou então pode ser que o motivo que explique uma taxa tão elevada de risadas esteja camuflado por uma corrente de otimismo marinho que atinge a ilha. Um otimismo que vem do oceano e que obriga as pessoas a saltar dos sofás e a viver momentos muito, muito prolongados nas ruas. Revestindo o verão com festas e farras que sucedem em Gran Canaria da esquerda para a direita e vice-versa. Com fogos-de-artifício e bailes domingueiros, mergulhos no barro, no mar, ramos que dançam quase sozinhos, festas de amêndoas e comedores de fogo noturnos.

A não perder

  No cimo da ilha, é possível encontrar a povoação de Tejeda, um pequeno lugar onde pode ver o imponente Roque Nublo, bem como a paisagem lunar que o rodeia. 

    A não perder: o Museu e o Parque Arqueológico Cueva Pintada, em Gáldar, as praias de Las Canteras, localizadas no centro da capital, as estreitas ruas do antigo bairro de Vegueta, com mais de 500 anos, as dunas de Maspalomas, um extenso mar de areia dourada, os belos pores-do-sol, a povoação de Teror e a Caldeira de Bandama.

Sobre a região

  As Ilhas Canárias são um arquipélago espanhol localizado no Oceano Atlântico constituído por 7 ilhas: La Palma, El Hierro, La Gomera, Tenerife, Gran Canária, Fuerteventura e Lanzarote. As principais cidades são Las Palmas de Gran Canária e Santa Cruz de Tenerife.

    De origem vulcânica, possuem um clima subtropical, o que faz com que tenham uma grande variedade biológica. Possuem patrimónios naturais da humanidade, parques e reservas biológicas protegidas. O difícil é escolher o que fazer porque as ilhas Canárias têm um clima ameno com verões agradáveis e invernos muito suaves, sendo possível encontrar muitas opções para umas férias inesquecíveis.
    A cabra, o porco, a vitela, o frango e o coelho são os animais mais utilizados na confeção de pratos culinários. Quanto ao peixe, destaque para a garoupa, o cherne e o atum. Quem visita estas ilhas não pode deixar de degustar os enyesques, espécie de petiscos com alimentos muito variados como azeitonas temperadas. Também não pode deixar de experimentar uma enorme variedade de queijos que vai dos moles, aos curados e semicurados, passando pelos queijos da Cumbre e o queijo de flor.
    As ilhas Canárias adaptam-se ao gosto de todos, devido à enorme variedade de praias que vão da areia escura, vulcânica, à areia muito clara e fina, uma oferta variada de desportos náuticos como vela, pesca desportiva em alto mar, surf, windsurf e mergulho. Tem uma animada vida diurna e noturna, muitos museus, festas e cultura. As feiras são uma tentação para os turistas que gostam de levar artesanato e outros produtos consigo.
    As ilhas estão preparadas para receber o turismo rural, urbano, ativo, de lazer e de reuniões, sendo o golf um desporto com uma forte procura.
    As ilhas Canárias têm a capacidade de surpreender todos os que as visitam pela facilidade de adaptação às necessidades de quem procura este destino como local de férias. A outra grande facilidade é a proximidade de Portugal.





Condições de Reserva

1. Alterações, Cancelamentos e Condições Gerais de Venda, de acordo com nossa pagina web: www.solferias.pt; 2. DESPESAS DE CANCELAMENTO/ALTERAÇÃO 2.1 Todas as reservas efetuadas e confirmadas onde se verifique alteração ou anulação do contrato de viagem, estão sujeitas a taxas de rescisão, de acordo com os termos constantes nas nossas "Condições Gerais de Venda" - https://www.solferias.pt/#content/condicoesreserva 2.2 Parte aérea 2.2.1 - Reservas em classe "G" TAP: No caso particular da presente reserva, por se tratar de um produto garantido, todos os cancelamentos estão sujeitos às seguintes condições particulares de anulação, no que respeita à parte aérea: - Cancelamentos efetuados a menos de 72h da presente confirmação: 100% (se data viagem entre 34 e 0 dias) ou 0€ (se data de viagem for a 35 ou mais dias). - Cancelamentos efetuados após 72h da presente confirmação: 100% (se data viagem entre 34 e 0 dias) ou 20€ (se data de viagem for a 35 ou mais dias). 2.2.2 - Reservas em outras classes: Em adição aos gastos irrecuperáveis apurados aquando da solicitação do cancelamento ou na ausência dos mesmos, serão cobradas as seguintes despesas de cancelamento: - Cancelamentos efetuados a menos de 72h da presente confirmação: 20€ (se data de viagem entre 30 e 0 dias) ou 0€ (se data de viagem for a 31 ou mais dias). - Cancelamentos efetuados após 72h da presente confirmação: 20€. Nota: todos os cancelamentos de reserva fora do horário de expediente da Solférias, têm de ser obrigatoriamente reportados para os contatos da permanência (24horas@solferias.com), não podendo a Solférias ser responsabilizada por despesas inerentes ao não cumprimentos estipulado de prazos informados. Para efeitos de aplicação de gastos serão sempre considerados os fusos horários dos fornecedores envolvidos. 2.3 Todos os restantes serviços confirmados na presente reserva estão sujeitos a todos os encargos a que o início do cumprimento do contrato e a sua desistência derem lugar. 2.4 Não aplicável a classe "G": no que respeita à parte aérea, e após a vossa autorização para emissão dos bilhetes, serão aplicadas as condições de cancelamento de acordo com a regra tarifária. Em caso de dúvidas não deixe de nos contactar. 3. Dados de Passaporte: Os dados de passaporte recolhidos são, única e exclusivamente, para cumprimento da Norma Europeia "PNR Directive", em que passou a ser requisito obrigatório a inserção dos dados de passageiros nas reservas de todos os passageiros que viajem para Portugal, provenientes de países não-Schengen ou que transitem em Portugal vindos desses países. Este requisito é obrigatório também para todos os passageiros (incluindo portugueses) que, tendo iniciado a viagem em Portugal, estejam de regresso, provenientes de um país não-Schengen. Todos os dados recolhidos, serão tratados de acordo com o Regime Geral da Proteção de Dados. 4. Ficha Informativa Normalizada: A combinação de serviços de viagem que lhe é proposta constitui uma viagem organizada na aceção da legislação em vigor do Decreto-Lei nº 17/2018 de 8 de março. Por conseguinte, beneficiará de todos os direitos da União Europeia aplicáveis às viagens organizadas. A Soliférias - Operadores Turísticos, S.A e a agência de viagens que efetuou a venda ao cliente serão plenamente responsáveis pela correta execução da globalidade da viagem organizada. Além disso, conforme exigido por lei, a Soliférias - Operadores Turísticos, S.A, e a agência de viagens que efetuou a venda ao cliente têm uma proteção para reembolsar os pagamentos que tenha efetuado e, se o transporte estiver incluído na viagem organizada, assegurar o seu repatriamento caso seja(m) declarada(s) insolvente(s). Mais informações sobre os principais direitos ao abrigo do Decreto-Lei nº 17/2018 de 08 de março, devem ser consultadas em www.solferias.pt. 5. A pandemia originada pela Covid-19, determinou a adoção, por inúmeros Governos, de medidas de prevenção, combate e contenção da doença, que incluíram fortes restrições na circulação de cidadãos em todo o Mundo, que podem manter a interdição de entrada de cidadãos não nacionais ou não residentes, exigir certificado médico, declarações para deslocação ou quarentena obrigatória para cidadãos provenientes do estrangeiro, etc. As medidas de contenção e controle da doença continuarão a ocorrer, e cada País irá retomando sua atividade económica e social à medida que os seus sistemas de saúde e as sociedades em geral se adaptam a uma nova realidade, reduzindo os efeitos nocivos da COVID-19. É portanto muito importante para que a viagem decorra da forma prevista, que esteja o mais informado possível sob as medidas necessárias para a saída e entrada em Portugal e os países que vai visitar. Os despachos que têm vigorado desde 01 agosto 2020 (Despacho 7595-A e subsequentes) e que devem ser consultados em https://dre.pt ou https://www.sef.pt/pt/Pages/homepage.aspx#, indicam claramente o regime de entrada e saída de cidadãos Portugueses que se ausentem para um país não pertencente à zona Schengen e o façam de avião. Os referidos despachos indicam que, todos os passageiros de regresso a Portugal, só poderão embarcar no destino se tiverem teste Covid (RT-PCR) de rastreio da infeção por SARS-CoV-2 com resultado negativo e realizado nas 72 horas anteriores ao embarque. Ficam isentos de efetuar o referido teste: -os passageiros que apenas façam transito em Portugal (e não tenham de abandonar o Aeroporto) -os passageiros que regressem de um país pertencente ao Espaço Schengen, Comunidade Europeia ou Reino Unido - os passageiros que regressem de países cuja situação epidemiológica esteja de acordo com a recomendação EU 2020/912 e que constam no despacho acima indicado em vigor: Austrália, Canadá, China, Coreia do Sul, Geórgia, Japão, Nova Zelândia, Ruanda, Tailândia, Tunísia e Uruguai (a lista de países será periodicamente atualizada pelo Governo Português, pelo que deverá reconfirmar a mesma, antes do início da viagem ou verificar atualizações do referido despacho) Cidadãos nacionais, cidadãos estrangeiros residentes legalmente em território nacional e seus familiares ou pessoal diplomático, que não tenham comprovativo de realização de teste SARS-CoV-2 com resultado negativo, à chegada ao território nacional, serão encaminhados para a realização do referido teste, ás suas custas. Os cidadãos que recusem a realização do teste à chegada, serão notificados pelo serviço de Estrangeiros e Fronteiras para a sua realização no prazo de 48 horas e podem incorrer em crime. Adicionalmente, informamos que todos os passageiros que entrem em território nacional através dos aeroportos de Lisboa, Porto, Faro ou Beja são sujeitos a controlo de temperatura por infravermelhos. Caso se justifique, os passageiros serão sujeitos a teste de diagnóstico RT-PCR à COVID-19, conforme previsto no Despacho nº 6948- A/20209 de 6 de julho (https://dre.pt/application/file/a/137248605), devendo permanecer confinados nas suas residências até receberem o resultado negativo; Todas as questões decorrentes, devem ser esclarecidas/analisadas com as autoridades competentes. 6. Este programa dispõe de um seguro contratado. As coberturas, em formato PDF, poderão ser consultadas em: http://www.solferias.pt/#content/seguros 7. Consequência da pandemia Covid-19, é necessário apresentar comprovativo, em suporte papel, de documento emitido por laboratório nacional ou internacional, que ateste a realização de teste de despiste ao SARS-CoV-2, realizado pela metodologia PCR negativo ou teste semelhante (tipo NAAT), ou teste negativo para antígenos incluídos na lista comum da Comissão Europeia (https://covid-19-diagnostics.jrc.ec.europa.eu/devices#form_content), emitido dentro das 48 horas antes da chegada. Não necessitam de teste PCR: * Passageiros já vacinados. Neste caso os passageiros terão de apresentar um Certificado de vacinação emitido por autoridade competente que certifique que foi vacinado contra o COVID-19, há mais de 14 dias, tendo as doses necessárias. O certificado de vacinação deverá incluir: Nome e sobrenome do titular; Data da vacinação, informando a data da última dose administrada; Tipo de vacina administrada; Número de doses administradas / cronograma completo; País onde foi administrada; Identificação do órgão emissor do certificado de vacinação. • Passageiros com Certificado de recuperação (comprovação de superação da doença): expedido pela autoridade competente ou por serviço médico no mínimo 11 dias após o primeiro teste de diagnóstico do tipo NAAT (PCR, TMA, LAMP e semelhantes) com resultado positivo. A validade do certificado terminará 180 dias a partir da data da amostra. Deve incluir pelo menos as seguintes informações: Nome e sobrenome do titular; Data de amostra do primeiro teste diagnóstico positivo para SARS-CoV-2; Tipo de teste NAAT realizado; País emissor. Qualquer um destes certificados deve ser em espanhol, inglês, francês ou alemão. Se não for possível obter o original em nenhuma dessas línguas, o documento comprovativo deve ser acompanhado de uma tradução para o espanhol por uma entidade oficial. 8. Publicação das condições acima expostas a 08/06/2021 às 15:25 SOLFÉRIAS - VIAJAR APROXIMA

Aeroporto de Origem

Aeroporto de Destino

Opções Disponíveis

Regimes

Data de Partida

Noites

Passageiros

Continuar

Geral

Hotel

Check-in

Check-out

Política de Cancelamento

As políticas de cancelamento e pré-pagamento podem variar de acordo com a opção escolhida. Por favor, verifique as condições para cada quarto / opção.